O que é seguro de moto cobre? Como funciona?

BH proteção veicular - Como funciona o seguro de moto

Se você possui uma motocicleta e planeja dirigi-la em vias públicas, a maioria dos estados exige alguma forma de “responsabilidade financeira”. Isso significa que você pode pagar se causar um acidente e causar danos materiais ou prejuízos. A maioria dos motociclistas cumpre as leis de responsabilidade financeira adquirindo um seguro para motocicletas.

Veja como personalizar uma apólice de seguro de motocicleta para que você ande com uma boa proteção de seguro.

Como funciona o seguro de moto?

O seguro de moto é muito parecido com o seguro de carro: cobre danos ao veículo, outras propriedades e danos. Se você tiver seguro automotivo, serão observados termos semelhantes para os tipos de cobertura, incluindo detalhes, abrangência e responsabilidade.

O processo de consentimento do seguro de motocicleta também é semelhante ao do seguro automotivo. Se o seu veículo for danificado ou roubado, você notificará sua segurança e registrará uma permissão. A segurança analisa o incidente e decide o valor do pagamento.

BH proteção veicular – Como funciona o seguro de moto

Visão geral dos tipos de seguro de moto

Aqui as diferentes partes da segurança da motocicleta estão e o que elas cobrem.

Tipo De Cobertura O Que Cobre
Seguro de responsabilidade civil
Pague por lesões e danos que você causar a terceiros e pela sua proteção legal se outra pessoa envolvida no acidente ou incidente
Responsabilidade do passageiro convidado
Pague as despesas médicas do seu passageiro se você causar um acidente
Cobertura para motoristas não segurados/subsegurados
Pague despesas médicas se você for atropelado por alguém que não tenha nenhum seguro de responsabilidade civil ou que não seja suficiente para cobrir suas contas médicas
Pagamentos médicos (MedPay)
Pagamento por você e pelas despesas médicas do seu passageiro, independentemente de quem sofreu o acidente
Proteção contra lesões pessoais (PIP)
Assim como o MedPay, cobre os danos de você e do seu passageiro, independentemente de quem sofreu o acidente, e também cobre perdas de treinamento e serviços de substituição para tarefas que você não possa realizar
Seguro de profundidade
Pague por reparos em sua motocicleta em caso de detalhes com objetos como cercas e graus de proteção
Seguro abrangente
Paga por roubo de motocicleta e danos causados ​​por incêndio, inundação, vandalismo e muito mais
Endosso OEM
Garanta que peças originais do fabricante do equipamento sejam usadas para reparar sua motocicleta
Cobertura de peças e equipamentos personalizados
Paga para reparar ou substituir peças personalizadas e de reposição
Cobertura total de perdas
Ajuda a substituir sua motocicleta destruída por uma motocicleta nova ou semelhante
BH proteção veicular – Como funciona o seguro de moto

O que é seguro de moto cobre?

Ao montar uma apólice de seguro de motocicleta, você pode escolher entre vários tipos de seguro diferentes para cobrir uma ampla gama de problemas. Aqui está uma olhada nos tipos mais comuns de seguro de motocicleta.

Seguro de responsabilidade civil

Este tipo de cobertura básica paga por lesões e danos que você causa a terceiros e é exigido em quase todos os estados. Por exemplo, se você causar um acidente e alguém se machucar, a responsabilidade cobrirá as contas médicas da pessoa ferida – até os limites de sua polícia. Também cobrirá danos materiais, como massagens no carro que você causar a terceiros.

O seguro de responsabilidade civil também paga uma defesa legal se alguém processar por causa de um acidente.

Ao adquirir um seguro de responsabilidade civil para motocicletas, você poderá vê-lo escrito como uma série de números, como 25/50/25. Aqui está o que esses números significam:

  • US$ 25.000 por lesões corporais a uma pessoa em um acidente
  • US$ 50.000 por lesões corporais a várias pessoas em um acidente
  • US$ 25.000 por danos materiais em um acidente

Comprar limites baixos de seguro de responsabilidade civil é uma forma de reduzir seus custos de seguro, mas pode custar muito mais tarde. Se você causar um acidente com ferimentos caros e/ou danos materiais a terceiros, eles ainda poderão processar seu seguro expirar.

Responsabilidade do passageiro convidado

Se você causar um acidente enquanto dirige sua motocicleta, esta cobertura cobre as despesas médicas do passageiro. Geralmente, esta cobertura não se aplica se você não se machucou ou acidente. Nesses casos, você e/ou seus passageiros poderão fazer uma consulta contra o seguro de responsabilidade civil do motorista causado por suas contas de acidentes.

Em alguns estados, a responsabilidade do passageiro convidado é obrigatória, enquanto em outros é uma cobertura opcional.

A responsabilidade do passageiro convidado pode ser incluída como parte de sua cobertura de responsabilidade ou pode ser vendida separadamente, por isso é uma boa ideia perguntar ao seu agente de seguros como obtê-la.

BH proteção veicular – Como funciona o seguro de moto

FAQ

  1. O que um seguro de moto cobre? Um seguro de moto pode cobrir uma variedade de situações, incluindo danos causados ​​a terceiros, danos materiais, roubo, furto, incêndio, colisões e acidentes pessoais de passageiros.
  2. Como funciona o seguro de moto em caso de acidente? Em caso de acidente, o segurado deve entrar em contato com a seguradora para relatar o sinistro. A seguradora avaliará os danos e, se cobertos pela apólice, providenciará o reparo da moto ou indenização, dependendo do tipo de cobertura contratada.
  3. O que acontece quando a moto é roubada e tem seguro? Se a moto for roubada e estiver segurada, o segurado deverá relatar o roubo à seguradora e seguir os procedimentos indicados pela empresa. Em geral, a seguradora irá indenizar o segurado pelo valor estipulado na apólice, após o cumprimento dos requisitos exigidos.
  4. O que o seguro não cobre? As exclusões de cobertura podem variar de acordo com a apólice, mas geralmente incluem situações como uso indevido, negligência do condutor, participação em competições, entre outros.
  5. Em quais casos o seguro cobre? O seguro de moto pode cobrir uma ampla gama de situações, incluindo colisões, roubo, furto, incêndio, danos a terceiros, danos materiais e acidentes pessoais de passageiros, entre outros, dependendo das coberturas contratadas.
  6. Como saber o que o seguro cobre? Para saber exatamente o que está coberto pelo seguro de moto, é importante ler atentamente a apólice e tirar todas as dúvidas com a seguradora antes de contratar o serviço.
  7. Quando vale a pena acionar o seguro? Vale a pena acionar o seguro sempre que ocorrer um sinistro que esteja coberto pela apólice e cujo custo de reparo ou prejuízo seja superior ao valor da franquia e não comprometa o histórico de sinistros do segurado.
  8. Quantos km de guincho o seguro cobre? O limite de quilometragem do serviço de guincho pode variar de acordo com a apólice contratada e a seguradora. Geralmente, é estabelecido um limite de quilometragem a partir do local do sinistro.
  9. Quem bate atrás o seguro cobre? Se o segurado for atingido por trás em um acidente de trânsito, o seguro cobrirá os danos ao veículo, desde que o responsável pelo acidente seja identificado e tenha seguro de responsabilidade civil.
  10. Quem bate é obrigado a pagar? O responsável pelo acidente é obrigado a arcar com os prejuízos causados, seja reparando os danos diretamente ou por meio do seu seguro de responsabilidade civil.
  11. É necessário boletim de ocorrência para acionar o seguro? Em alguns casos, como roubo, furto ou acidentes com danos materiais significativos, é necessário apresentar um boletim de ocorrência para acionar o seguro. No entanto, as exigências podem variar de acordo com a seguradora e o tipo de sinistro.
  12. Quando vale a pena acionar a franquia? Vale a pena acionar a franquia quando o valor dos danos ou prejuízos causados ao veículo for significativamente maior do que o valor da franquia. Nesse caso, o segurado arca com a franquia estabelecida na apólice, e a seguradora cobre o restante dos custos.

Conclusão

Investir em um seguro de moto é essencial para proteger tanto o veículo quanto o seu proprietário contra uma variedade de situações imprevistas, como acidentes, roubo, furto e danos materiais. Ao compreender o que o seguro cobre e quais são as suas responsabilidades em caso de sinistro, o proprietário da moto pode garantir uma maior tranquilidade e segurança no dia a dia.

É importante ler atentamente os termos da apólice e esclarecer quaisquer dúvidas com a seguradora antes de contratar o serviço. Além disso, seguir todas as orientações da seguradora em caso de sinistro é fundamental para garantir uma rápida e eficiente resolução do problema.

Em resumo, um seguro de moto oferece proteção financeira e tranquilidade para o proprietário, permitindo que ele aproveite ao máximo a sua moto sem se preocupar com os imprevistos que podem surgir no caminho.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Post Relacionados